top of page

Colocação Pronominal

A colocação pronominal é a posição que os pronomes pessoais oblíquos átonos ocupam na frase em relação ao verbo.


São eles: me, te, se, nos, vos, o(s), a(s), lhe(s)


O pronome pode estar em três posições distintas em relação ao verbo:


Ênclise – Pronome depois do verbo (Envio-te o dinheiro.)

Próclise – Pronome antes do verbo (Amanhã te enviarei o dinheiro.)

Mesóclise – Pronome no meio do verbo (Enviar-te-ei o dinheiro amanhã.)


ÊNCLISE OBRIGATÓRIA

Verbo no início da oração.

Ex.: Barbeio-me todos os dias.

Não se inicia oração com pronome oblíquo átono!


Verbo no interior da oração, precedido de pausa (vírgula).

Ex.: Por gentileza, peço-lhe que arrume a sala.

Ex.: Ontem, entregaram-nos a encomenda.


Verbo no imperativo afirmativo.

Ex.: Alunos, apresentem-se já ao diretor.


PRÓCLISE OBRIGATÓRIA

Palavras negativas

Ex.: Não me incomode mais com os seus gritos.


Advérbios e locuções adverbiais

Ex.: Ontem nos entregaram a encomenda.


Pronomes Relativos

Ex.: O livro que te emprestei não vende mais.


Pronomes Indefinidos

Ex.: Nada me incomoda.


Pronomes Interrogativos

Ex.: Quem nos procurou ontem?


Conjunções Subordinativas

Ex.: Embora lhe perdoasse, ele disse que se sentia culpado.

Orações com preposição em + gerúndio

Ex.: Em se tratando de atividade física, prefiro a corrida.

Frases optativas (que exprimem desejo)

Ex.: Deus me proteja dos inimigos!

Frases exclamativas

Ex.: Como se desperdiça comida neste país!

Conjunções coordenativas (nem, ou... ou, ora... ora, quer...quer, já... já, não só... mas também, tanto... quanto, tanto... como, nem... nem) – apenas essas.

Ex.: Ora me abraçam, ora me beijam.

CASOS FACULTATIVOS - ÊNCLISE OU PRÓCLISE

Quando o verbo não inicia oração. / Sujeito explícito.

Ex.: A professora entregou-nos as provas. (ênclise)

A professora nos entregou as provas. (próclise)


Com o verbo no infinitivo não flexionado precedido de palavra negativa.

Ex.: Espero não incomodar-te com as minhas palavras. (ênclise)

Espero não te incomodar com as minhas palavras. (próclise)


Com o verbo no infinitivo não flexionado precedido de preposição.

Ex.: Estou ansiosa para mostrar-lhe o meu apartamento. (ênclise)

Estou ansiosa para lhe mostrar o meu apartamento. (próclise)

Com conjunções coordenativas (exceto aquelas mencionadas nos casos de próclise).

Ex.: Ele chegou e dirigiu-se a mim. / Ele chegou e se dirigiu a mim.


MESÓCLISE OBRIGATÓRIA

Com verbos no futuro do presente ou no futuro do pretérito iniciando a oração.

Ex.: Entregar-te-ei o relatório. (futuro do presente – entregarei)

Entregar-te-ia o relatório. (futuro do pretérito – entregaria)

Obs.: Se o verbo, no futuro, não iniciar a oração, pode-se optar pela mesóclise ou pela próclise. Exemplo: Meus pais dar-me-ão um sermão novamente. / Meus pais me darão um sermão novamente.


COLOCAÇÃO PRONOMINAL NAS LOCUÇÕES VERBAIS

Veja como fica a colocação dos pronomes nas locuções verbais (verbo auxiliar + verbo principal) em que os verbos principais estão no infinitivo (verbos terminados em –r) ou no gerúndio (verbos terminados em –ndo):


O valor da gasolina se vai estabilizar.

O valor da gasolina vai se estabilizar.

O valor da gasolina vai-se estabilizar.

O valor da gasolina vai estabilizar-se.

O valor da gasolina se está estabilizando.

O valor da gasolina está se estabilizando.

O valor da gasolina está-se estabilizando.

O valor da gasolina está estabilizando-se.


IMPORTANTE: Quando o verbo principal da locução verbal for constituído por um particípio (verbos terminados em –do), o pronome oblíquo virá depois do verbo auxiliar.

Ex.: Eles têm esforçado-se. (errado) / Eles têm-se esforçado. (certo)

Se houver palavra atrativa, o pronome oblíquo ficará antes do verbo auxiliar.

Ex.: Eles não se têm esforçado.


Vamos aos exercícios!


160 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Verbo

Antes de darmos início aos exercícios, vamos relembrar quais são os tempos e os modos dos verbos da língua portuguesa. MODO INDICATIVO • Presente amo, amas, ama, amamos, amais, amam bebo, bebes, bebe,

Uso dos Porquês

Quer saber qual é uma das maiores dúvidas da língua portuguesa? Exatamente o que você está pensando: o uso dos porquês. Quem nunca ficou na dúvida na hora de usá-los? Afinal, são quatro tipos que real

Regência Nominal e Verbal

Chegou a hora de estudar um dos assuntos mais cobrados em provas e concursos: regência nominal e verbal. A regência estabelece uma relação entre um termo principal (termo regente) e o termo que lhe se

Comments


bottom of page