top of page

Uso dos Porquês

Quer saber qual é uma das maiores dúvidas da língua portuguesa? Exatamente o que você está pensando: o uso dos porquês. Quem nunca ficou na dúvida na hora de usá-los? Afinal, são quatro tipos que realmente podem gerar confusão na hora de escrever: por que, porque, por quê e porquê.

Vamos entender de uma vez por todas como empregá-los? Sempre digo que a melhor forma de fixar um conteúdo é fazendo muitos exercícios. Vamos começar? Mas antes, dê uma lida com atenção no resumo que segue abaixo. Ele vai facilitar a execução dos exercícios.

1. POR QUE

• É usado em início de pergunta direta.

Ex.: Por que os bombeiros estiveram aqui?

• É usado em perguntas indiretas quando puder ser substituído por “por qual razão” / “por qual motivo”.

Ex.: Vou lhe dizer por que não gosto de ir à praia.


• É usado quando puder ser substituído por “pelo qual” e variantes.

Ex.: A situação por que passou a minha mãe foi traumatizante.

2. PORQUE


• É usado para indicar explicação ou causa, por isso, de modo geral, aparece em respostas.

Ex.: Venha aqui, porque preciso falar com você. (explicação)

Não fez a lição porque não a entendeu. (causa)


3. POR QUÊ


• É usado sempre no final da frase, seguido de ponto de interrogação ou de ponto final.

Ex.: Os cachorros estão muito agitados, por quê?

Repetiu de ano e não sabe por quê.

4. PORQUÊ

• É usado como sinônimo de o motivo, a razão, a causa de algo. Aparece quase sempre precedido de um artigo definido (o, os) ou indefinido (um, uns), podendo também aparecer junto de um pronome ou numeral.

Ex.: O pai negou-se a explicar o porquê da demissão.


Vamos aos exercícios!



213 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Verbo

Antes de darmos início aos exercícios, vamos relembrar quais são os tempos e os modos dos verbos da língua portuguesa. MODO INDICATIVO • Presente amo, amas, ama, amamos, amais, amam bebo, bebes, bebe,

Regência Nominal e Verbal

Chegou a hora de estudar um dos assuntos mais cobrados em provas e concursos: regência nominal e verbal. A regência estabelece uma relação entre um termo principal (termo regente) e o termo que lhe se

Predicação Verbal

Predicação verbal ou transitividade verbal é a relação de dependência entre o verbo e seus complementos. Dessa forma, quanto à predicação, os verbos apresentam as seguintes classificações: Verbo Trans

Comments


bottom of page